Flá @ 01:36

Seg, 12/03/12

Não suporto amar-te e não te poder querer, detesto querer querer-te e sentir que não queres que te queira.
 
Detesto tudo o que me deste.
 
Detesto ter sido tão feliz contigo, detesto a saudade.
 
Detesto querer morrer.
 
Detesto o que me tornei.
 
Detesto querer procurar-te noutro, detesto não te encontrar nele.
 
Detesto detestar, enquanto detesto não te detestar.
 
Antes tinha pena das pessoas que não sabiam o que era amar, hoje tenho pena de mim.
 
Só te amo.

 

 

 

 

P.s. Escrevi isto noutra era (mesmo), mas achei piada encontrar isto rabiscado nuns apontamentos antigos. Data de 29 de Setembro de 2008.


música: where is my mind - The Pixies

Hugo @ 10:40

Dom, 03/06/12

 

Ola Flá... Gostei do que li neste post e revejo-me nele neste momento... permites que o coloque no meu blog ( com a respectiva referencia )

;)


Flá @ 10:50

Seg, 04/06/12

 

Claro, caro Hugo, com a devida referência. Será uma honra enorme. Deixe o link para que possa espreitar o seu blog

(Se se identifica com este texto nesta fase talvez se identifique com o que eu ia escrevendo no meu antigo blog http://souumapinxexalinda.blogs.sapo.pt/2008/07 .)

É uma fase má, irá passar. Obrigada pela simpatia e atenção.

=)*

Hugo @ 10:52

Seg, 04/06/12

 

divagacoes-de-mim.blogspot.com

Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
31


favorito

Uncensored

Pesquisar